Editora Concórdia

O Mensageiro Luterano de outubro já está na gráfica

Compartilhe:

25/09/2018 às 08:23:26


Visão de Deus e nossa missão

Deus tem uma visão, uma imagem, que é restabelecer o seu Reino. O apóstolo João mostra uma bela imagem do Reino de Deus em Apocalipse 21.1-7. Mas dizer que Deus quer restabelecer seu Reino significa que algo do Reino original foi perdido.

Veja alguns tópicos do texto do rev. dr. Scott Rische:

- Deus nos criou para um relacionamento com ele!

- Cada pessoa que vemos ou conhecemos e que não está em relacionamento com Jesus é alguém a quem Deus deu sua vida em Cristo. Deus quer restaurar seu relacionamento com ela. Pois DEUS QUER TODA A SUA FAMÍLIA DE VOLTA!

- Nós somos os convidados na missão, não os donos ou os que tomam a decisão. A missão é de Deus, não nossa! Ele determina seus limites, não nós!

- Se nenhum discípulo está sendo feito, então a missão não está sendo cumprida!

- As pessoas nas nossas cidades não existem para encher nossas igrejas. Pelo contrário, as pessoas em nossas igrejas existem para encher nossas cidades com Jesus Cristo.

Ser professor hoje

No mês em que comemoramos o DIA DO PROFESSOR, 15 de outubro, cabe muito bem uma reflexão sobre a profissão: realidade brasileira atual, importância, vocação. Lutero propunha que ao lado de cada igreja luterana funcionasse uma escola luterana. Muitas comunidades luteranas procuraram seguir essa orientação, mas hoje restam poucas escolas com esse perfil. A IELB formou professores sinodais até o final dos anos 60, mas, por falta de vocacionados, encerrou esse projeto.

O autor do texto, Bruno Edgar Ries é pedagogo com habilitação em Psicologia da Educação

O que fazemos com nossos pastores?

Fabio Leandro Rods Ferreira, advogado, membro da Congregação São Lucas de Porto Alegre, RS, esteve à frente do processo de chamado pastoral de sua Congregação. Refletindo sobre a importância da parceria entre pastor e leigos, ouvindo os pastores durante o processo de chamado e lendo as respostas dos questionários, ele indaga:

“O que estamos fazendo com nossos pastores?

A pergunta parece estranha, eu sei, mas reflita: Você sabia, por exemplo, que os pastores sofrem de solidão? Como assim? Se eles estão casados, têm filhos, têm a congregação!? Não é deste tipo de solidão que falo, aquela do eremita. A solidão que falo é a do Ministério Pastoral, do trabalho como pastor de uma congregação”.

Leia outras edições:

http://www.mensageiroluterano.com.br/

Assine o Mensageiro Luterano:

http://www.editoraconcordia.com.br/produtos/index/...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS + ver mais

Seja o primeiro a saber das

ofertas imperdíveis